Destaques

http://www.revistadasantacasa.com.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/590957Dr._Daniel_Sousa.jpglink
http://www.revistadasantacasa.com.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/805867Dr._Fred_Abramed.jpglink
http://www.revistadasantacasa.com.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/182499Dr._Jos___Unichristus.jpglink
http://www.revistadasantacasa.com.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/930873curtir_facebook.jpglink

O processo de ensino-aprendizagem em cirurgia

A Santa Casa de Fortaleza vem, a cada ano, se aperfeiçoando na formação profissional em saúde, em especial na especialidade cirúrgica. Médicos cirurgiões de várias gerações construíram parte importante de Leia Mais...

Emergência do Ceará para o mundo

Leia Mais...

Santa Casa é escola prática do Unichristus

O ensino prático que a Santa Casa oferece aos alunos do Curso de Medicina do Unichristus tem uma importância fundamental no aprendizado. É exatamente ali, entre os leitos dos pacientes Leia Mais...

Fanpage

             Revista da Santa Casa Leia Mais...

O processo de  ensino-aprendizagem em cirurgia Emergência do Ceará  para o mundo Santa Casa é escola prática do Unichristus Fanpage

 


 

 

Visite-nos também no

 

Porque faço Medicina de Emergência
Ter, 16 de Dezembro de 2014 22:47

ABRAMEDE - Associação Brasileira de Medicina de Emergência

 

Dizer que escolhi a Medicina de Emergência desde sempre seria uma grande inverdade. Aliás, dizer que em qualquer momento durante a graduação ou nos primeiros anos de prática médica escolhi qualquer outra especialidade também não seria verdade. A Medicina de Emergência me escolheu. Como poderia ter sido diferente se eu nem a conhecia, assim como tantos acadêmicos e médicos brasileiros?

 

No Brasil, a Medicina de Emergência não é uma especialidade reconhecida, embora seja em mais de 60 países pelo mundo todo. Mas eu não sabia disso. Quando digo que a Medicina de Emergência me escolheu, não quero que pensem que me considero acima da média, um eleito com habilidades extraordinárias, como, aliás, a maioria dos médicos também não é... a realidade é que durante nossas residências a gente desenvolve ao máximo algumas habilidades, ficando assim acima da média naquela área específica.

Leia mais...
 
Como as emoções interferem nas doenças
Ter, 16 de Dezembro de 2014 22:32

A existência do homem se resume basicamente a dois elementos: movimento e emoção. E o funcionamento satisfatório da máquina humana depende do exercício equilibrado desses dois elementos. Pouco é ruim e muito é péssimo. Exercitar o corpo de maneira moderada é uma necessidade muito importante para que todos os sistemas, principalmente o sistema circulatório, onde ajuda a diminuir as doenças cardio e cerebrovasculares.


E as emoções? Bem, aí é bem mais complexo. As emoções são sensações mentais que se fazem acompanhar de manifestações no corpo inteiro. Raiva, medo, amor, paixão, tristeza, alegria, solidão e excitação são emoções. A emoção é como um produto mágico do cérebro e cada pessoa nasce com um poder emocional diferente. É como a força muscular: cada um tem a sua. Da mesma forma que podemos aumentar nossa força muscular com exercícios físicos, também podemos aumentar nossa resistência emocional e, para isso, existem diversas modalidades de tratamento feitas pelos psicoterapeutas. Também há os medicamentos e mais recentemente a Estimulação Magnética Transcraniana [EMTr].

Leia mais...
 
“O científico e o romântico”
Seg, 14 de Julho de 2014 20:33

Revisitar os fundamentos da ciência médica é o pilar mais confiável para que possamos lapidar nossas habilidades técnicas e humanísticas. Não há método melhor do que rever de onde partimos em que ponto nos encontramos e quais serão as consequências desse fluxo.

 

A exploração etimológica dos princípios médicos constitui por si um bom começo.  A palavra “clínica” origina-se do grego klinico, kline e do verbo klino que significa deitar, reclinar, inclinar. A evocação desse radical grego será o agente que deflagrará nossa cadeia de questionamentos e reflexões. O paciente encontra-se deitado à espera de cuidados, mas até que ponto o médico está inclinado a minimizar o seu desconforto físico e psíquico? Qual o valor da “palavra” (anamnese e exame físico) na relação médico-paciente nos dias atuais? Qual o papel dos exames complementares diagnósticos? Os modernos exames complementares são capazes de substituir a “palavra”?

Leia mais...
 
Os fundamentos do cooperativismo e seu papel no resgate da dignidade médica.
Seg, 14 de Julho de 2014 20:21

O cooperativismo se iniciou na Europa por tecelões, como uma maneira de sobreviver à profunda desigualdade econômica sofrida pela classe trabalhadora no século XIX. Nessa época a revolução industrial mudava o domínio dos bens de produção, antes de uma sociedade agrária e artesanal, para uma classe burguesa urbana e centralizadora. As condições de vida, extremamente aviltantes, forçaram o surgimento da primeira experiência de solidarização do consumo. Um grupo de 28 fundadores juntou capital para compra de alimentos e assim driblar a fome que os assolava. O sucesso dessa empreitada fez com que se disseminasse mundialmente, em todos os setores.

 

Uma verdadeira cooperativa é pautada em cima de sete princípios fundamentais, a saber:

 

Leia mais...
 
Santa Casa é escola prática do Unichristus
Seg, 14 de Julho de 2014 20:07

O ensino prático que a Santa Casa oferece aos alunos do Curso de Medicina do Unichristus tem uma importância fundamental no aprendizado. É exatamente ali, entre os leitos dos pacientes e com a supervisão direta dos professores, que os estudantes vivenciam na prática e da melhor maneira possível, o que estão aprendendo nas salas de aulas”. As declarações são do professor José Lima de Carvalho Rocha, diretor-presidente do Centro Universitário Christus - Unichristus, ao destacar como esse ensino prático é imperioso para a formação do médico.

 

Na sua concepção, a Santa Casa sempre possibilitou a que os futuros médicos tenham uma ampla vivência antecipada do que realmente irão encontrar depois de formados. “É certo que, aliando-se a prática à teoria teremos o que eu chamo de concretização da educação médica, que não se adquire apenas nas aulas e nos livros, mas também na prática do cotidiano” enfatiza o educador.

Leia mais...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 1 de 18
Banner
Banner
Banner
Joomla template by DesignForJoomla.com
DesignForJoomla.com provides free Joomla templates, free and commercial Joomla extensions, Joomla tutorials and SEO tips for the Joomla CMS